terça-feira, 8 de março de 2016

Parabéns mulheres pelo seu dia


No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano. Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).


Objetivo da Data 

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Conquistas das Mulheres Brasileiras

Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.

Marcos das Conquistas das Mulheres na História 

- 1788 - o político e filósofo francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres.
- 1840 - Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos.
- 1859 - surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres.
- 1862 - durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia.
- 1865 - na Alemanha, Louise Otto, cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs.
- 1866 - No Reino Unido, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas.
- 1869 - é criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres.
- 1870 - Na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina.
- 1874 - criada no Japão a primeira escola normal para moças.
- 1878 - criada na Rússia uma Universidade Feminina.
- 1893 - a Nova Zelândia torna-se o primeiro país do mundo a conceder direito de voto às mulheres (sufrágio feminino). A conquista foi o resultado da luta de Kate Sheppard, líder do movimento pelo direito de voto das mulheres na Nova Zelândia.
- 1901 - o deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres.
- 1951 - a OIT (Organização Internacional do Trabalho) estabelece princípios gerais, visando a igualdade de remuneração (salários) entre homens e mulheres (para exercício de mesma função).

Você sabia?

- No Brasil, comemoramos em 30 de abril o Dia Nacional da Mulher.
- Hattie Mcdaniel foi a primeira atriz negra a ganhar uma estatueta do Oscar. O prêmio, recebido em 1940, foi pelo reconhecimento de sua ótima atuação como atriz coadjuvante no filme " E o vento levou ...".

Padre Mário Gomes se despede da Paróquia de São Bento Abade


O Padre Mário Gomes de França, realizou neste ultimo domingo (06/03) a missa de despedida da Paróquia de São Bento Abade. Durante a missa, várias homenagens foram feitas ao sacerdote. Diante dos agradecimentos pelos 06 anos e nove meses de brilhante trabalho e reconhecimento do povo de Serra de São Bento, muitos se emocionaram. Gratidão foi a palavra mais pronunciada pelos católicos e amigos de Padre Mário Gomes que, emocionado, agradeceu ao povo de Serra de São Bento pelo acolhimento, carinho, respeito e admiração. A missa contou com grande participação popular, o blog registrou caravanas das cidades de Passa e Fica, Lagoa D`Anta, Nova Cruz, Monte das Gameleiras e comunidades rurais de Serra de São Bento. Nosso blog deixa aqui expresso os mais profundos agradecimentos a Padre Mário Gomes pela amizade, companheirismo, respeito, incentivo e, acima de tudo, pelo reconhecimento do nosso trabalho em eventos religiosos da Igreja católica.

Fotos: Erinilson Cunha












Evangelho do dia

Evangelho: João 5,1-16

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo João – 1 Houve uma festa dos judeus, e Jesus foi a Jerusalém. 2 Existe em Jerusalém, perto da porta das Ovelhas, uma piscina com cinco pórticos, chamada Betesda em hebraico. 3 Muitos doentes ficavam ali deitados: cegos, coxos e paralíticos. 4 De fato, um anjo descia, de vez em quando, e movimentava a água da piscina, e o primeiro doente que aí entrasse, depois do borbulhar da água, ficava curado de qualquer doença que tivesse. 5 Aí se encontrava um homem que estava doente havia trinta e oito anos. 6 Jesus viu o homem deitado e, sabendo que estava doente há tanto tempo, disse-lhe: “Queres ficar curado?”7 O doente respondeu: “Senhor, não tenho ninguém que me leve à piscina quando a água é agitada. Quando estou chegando, outro entra na minha frente”. 8 Jesus disse: “Levanta-te, pega a tua cama e anda”. 9No mesmo instante, o homem ficou curado, pegou a sua cama e começou a andar. Ora, esse dia era um sábado. 10 Por isso, os judeus disseram ao homem que tinha sido curado: “É sábado! Não te é permitido carregar tua cama”. 11 Ele respondeu-lhes: “Aquele que me curou disse: ‘Pega tua cama e anda’”. 12Então lhe perguntaram: “Quem é que te disse: ‘Pega tua cama e anda’?”13O homem que tinha sido curado não sabia quem fora, pois Jesus se tinha afastado da multidão que se encontrava naquele lugar. 14Mais tarde, Jesus encontrou o homem no templo e lhe disse: “Eis que estás curado. Não voltes a pecar, para que não te aconteça coisa pior”. 15Então o homem saiu e contou aos judeus que tinha sido Jesus quem o havia curado. 16Por isso, os judeus começaram a perseguir Jesus, porque fazia tais coisas em dia de sábado. – Palavra da salvação.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Caravana chega ao Rio São Francisco

O ponto inicial da viagem foi a Barragem Armando Ribeiro, no município de Itajá (RN), na manhã da última segunda-feira, 29

Encontro da Caravana com equipe do Ministério da Integração (Fotos: Cacilda Medeiros)

Nesta quarta-feira, 2 de março, a Caravana Socioambiental dos bispos do Regional Nordeste 2 chegou ao Rio São Francisco, depois de três de viagem e dezenas de quilômetros percorridos. Durante a parte da manhã, o grupo se reuniu, na cidade de Salgueiro (PE), com a equipe do Ministério da Integração Nacional. Na ocasião, o secretário geral de infraestrutura hídrica do Ministério, Osvaldo Garcia, fez uma explanação sobre as obras de integração do Rio São Francisco.

De acordo com Osvaldo, a transposição do Velho Chico começou a ser pensada em 1847, por iniciativa de um deputado da província do Crato (CE). No decorrer dos tempos, outros passos foram sendo dados, na perspectiva da transposição. “Outras medidas foram sendo tomadas, e culminaram em 2005, com o Ministério da Integração estabelecendo um amplo debate sobre o assunto. Mas a obra, propriamente dita, iniciou em 2008”, explicou o secretário. Atualmente, segundo o Ministério, as obras físicas do Projeto já atingiram 83,4% de execução.

Estação de Bombeamento, em Cabrobó (PE)

Para o Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, é importante que cada nordestino se aproprie das informações acerca do projeto e saiba exercer seu papel de cidadania, de cobrança e de controle.

Após o almoço, a caravana, formada por bispos, padres, diáconos, pessoas ligadas às pastorais sociais, representantes de associações e professores universitários, foi conhecer a primeira Estação de Bombeamento do Eixo Norte, da transposição, localizada no município de Cabrobó (PE). Inaugurada em agosto de 2015, a estação leva a água por 45,9 quilômetros até o reservatório de Terra Nova, em Cabrobó. A bomba da EBI-1 tem capacidade para elevar a água do nível do Velho Chico até 36 metros. A vazão é de 12,4 m³/segundo.

A última atividade do dia foi uma celebração às margens do Velho Chico, presidida pelo Arcebispo de Natal. “Queremos fazer com que essas águas do São Francisco, que agora contemplamos, seja para nós, sinal de vida e de esperança”, disse Dom Jaime, durante a celebração.

Último dia

A programação da Caravana se encerra nesta quinta-feira, 3. Às 8h30, será celebrada missa, no auditório do Hotel Plaza, em Salgueiro (PE). Logo após a missa, haverá um diálogo entre representantes do Governo Federal, integrantes da Caravana e representantes de algumas comunidades. A atividade, que será encerrada ao meio-dia, contará com a participação da Ministra do Desenvolvimento Social, Teresa Campello.

Evangelho do dia

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 
Naquele tempo, 14 Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. Quando o demônio saiu, o mudo começou a falar e as multidões ficaram admiradas. 15 Mas alguns disseram: “É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa os demônios”. 16 Outros, para tentar Jesus, pediam-lhe um sinal do céu. 17 Mas, conhecendo seus pensamentos, Jesus disse-lhes: “Todo reino dividido contra si mesmo será destruído; e cairá uma casa por cima da outra. 18 Ora, se até satanás está dividido contra si mesmo, como poderá sobreviver o seu reino? Vós dizeis que é por Belzebu que eu expulso os demônios. 19 Se é por meio de Belzebu que eu expulso demônios, vossos filhos os expulsam por meio de quem? Por isso, eles mesmos serão vossos juízes. 20 Mas, se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios, então chegou para vós o reino de Deus. 21 Quando um homem forte e bem armado guarda a própria casa, seus bens estão seguros. 22 Mas, quando chega um homem mais forte do que ele, vence-o, arranca-lhe a armadura na qual ele confiava e reparte o que roubou. 23 Quem não está comigo está contra mim. E quem não recolhe comigo dispersa”.

quarta-feira, 2 de março de 2016

Caravana Socioambiental visita obras na Paraíba e no Ceará


Barragem Engenheiro Ávidos (Fotos: Cacilda Medeiros)

Nesta terça-feira, primeiro de março, segundo dia da Caravana socioambiental de visita às obras de Integração do São Francisco – Eixo Norte, a programação iniciou com uma ida à Barragem Engenheiro Ávidos, no município de Cajazeiras (PB). O reservatório foi construído em 1936 e será um dos que receberá águas do Rio São Francisco. Dele, seguirá água para a Barragem Oiticica, em Jucurutu (RN). Segundo o secretário geral de infraestrutura hídrica do Ministério da Integração, Osvaldo Garcia, a Barragem Engenheiro Ávidos é um dos 24 reservatórios que passarão por revitalização para receber as águas do Velho Chico. “Aqui, devem chegar cerca de 6 mil metros cúbicos por segundo, no final de linha. Uma parte ficará para uso do estado da Paraíba e o restante será para uso do estado do Rio Grande do Norte”, explicou o secretário. Ainda de acordo com Osvaldo, as obras em Ávidos serão concluídas até o final deste ano e a previsão para a chegada da água do São Francisco é até o final do primeiro semestre de 2017.



Vila Produtiva Cacaré

No final da manhã, o grupo foi seguiu viagem, percorrendo vários quilômetros, enfrentando poeira e estrada de barro, até chegar à Vila Produtiva Cacaré, no município de São José de Piranhas (PB). Trata-se de uma vila composta por 120 casas, que serão habitadas por famílias que residem na faixa de obra de implantação do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

Cada família receberá cerca de cinco hectares de terra, sendo um destinado à irrigação.

Barragem Jati

Barragem Jati

No início da tarde desta terça-feira, a Caravana, formada por cerca de cem pessoas, entre bispos, padres, religiosos, leigos e representantes de organismos do governo federal, seguiu para aBarragem Jati, no município de Jati (CE). É um reservatório construído para receber as águas do São Francisco e, de lá, partirá o canal que levará a água para os estados do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Com capacidade para receber 28 milhões de metros cúbicos de água, o reservatório está com 85% das obras concluídas.

A previsão do Ministério da Integração é de que a água do São Francisco chegue a Jati até julho do próximo ano. “Não sou engenheiro, mas tenho a impressão de que a obra não está pronta até lá, para receber as águas. Mas, claro que uma obra com uma grandiosidade dessas também tem problemas. Nessa hora, precisamos ver o custo-benefício. Entre os prejuízos que se tem numa construção com essas e o grande benefício, que é atingir as famílias, as regiões marcadas pela seca, com certeza o benefício vai ser maior”, observou o bispo de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz.

Vila Produtiva Retiro

O segundo dia de atividades da Caravana encerrou na Vila Produtiva de Retiro, no município de Penaforte (CE), que conta com 30 casas, já habitadas. A programação iniciou com visita a algumas famílias, que já utilizam o terreno da casa para o cultivo de verduras e frutas. Após, os caravaneiros puderem relatar as experiências vividas ao longo do dia e participar da celebração da Palavra.

Para o Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, essas ações têm confirmado que esta iniciativa tem sido produtiva. “Tudo isso é positivo, porque nos traz uma ideia concreta do que seja o projeto do Rio São Francisco. Nós estamos vendo concretamente o que é o projeto. Não só a parte física, mas também uma dimensão socioambiental, com a construção dessas agrovilas”, avaliou.

Segundo o presidente da associação da Vila de Retiro, Antônio Taveira, natural de Salgueiro (PE), esta iniciativa das vilas produtivas tem sido positiva. “Para a gente, tem sido maravilhoso. Estamos aqui há seis meses. É um processo de adaptação, mas temos o acompanhamento do governo. Aqui é uma comunidade, mas vivemos como em um meio urbano”, diz. Ainda de acordo com Antônio, com a conclusão das obras de integração das bacias do Rio São Francisco, será possível a ampliação da produção. Atualmente, o cultivo é feito dentro do território das casas.

A programação da caravana segue com o terceiro dia de atividades nesta quarta-feira (02). Na parte da manhã, os participantes seguirão para Salgueiro (PE), onde terão um momento no escritório regional do Ministério de Integração Nacional. À tarde, será feita uma visita à Estação de Bombeamento 1, com passagem pelo Rio São Francisco e, após, será possível conhecer o manancial, encerrando com celebração da Palavra.

Barragem Engenheiro Ávidos (Fotos: Cacilda Medeiros)
Barragem Engenheiro Ávidos (Fotos: Cacilda Medeiros)

Evangelho do dia


Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:17 18 Em verdade eu vos digo, antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da lei, sem que tudo se cumpra. 19 Portanto, quem desobedecer a um só desses mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo será considerado o menor no reino dos céus. Porém quem os praticar e ensinar será considerado grande no reino dos céus”. – Palavra da salvação.

Reflexão:

Jesus não se apresenta como grande reformador que derruba por terra tudo o que foi lenta e solidamente edificado ao longo de séculos. Não vem para suprimir a antiga Aliança, mas para cumpri-la fiel e totalmente. Ele é o ponto de encontro entre o Antigo e o Novo Testamento. Ao dizer que veio realizar toda a Lei e os Profetas, Jesus se refere à genuína Lei de Deus, aquela que foi transmitida a Abraão, a Moisés e aos Profetas. Não se refere a tradições e interpretações acrescentadas pelos fariseus. Os que violam esses preceitos não encontram fechada a porta do Reino, porém são convidados a crescer até atingir a estatura de Jesus Cristo. Só ele é grande, justamente porque manteve sua fidelidade no cumprimento da vontade do Pai, até entregar a própria vida na cruz.